sábado, 22 de agosto de 2009

BARRACO NO HORÁRIO NOBRE

A história nos conta que a televisão no Brasil começou improvisada, desajeitada e amadora. Seu primeiro dono, Assis Chateaubriand, não se deu por vencido ao ser informado por técnicos norte-americanos de que nosso país não tinha condições geográficas para a instalação de equipamentos e antenas de TV. Assis foi prático, teimoso e objetivo. Levou a trupe artística do rádio, velha conhecida do público ouvinte, para os estúdios da Tupi, em 1950. Os equipamentos, apesar de precários, levaram ao ar as primeiras transmissões, inaugurando uma forma de entretenimento que até hoje toma conta de boa parte do tempo das pessoas.

Com o passar dos anos, a TV Tupi perdeu o pioneirismo soberano para as concorrentes que começaram a surgir, como a Excelsior, Globo, Manchete, SBT, Record e outras, mas abriu espaço para uma forma de comunicação extremamente poderosa, mesmo com a internet nos dias atuais. Opinativa a TV, dizem os estudiosos, influencia nas decisões dos cidadãos. Atraente, revela imagens incríveis de um mundo aparentemente real. Intimista, sua fala é direta e pessoal.
O tempo passou e a busca pela audiência continua cada vez mais forte e
o embate que grandes rivais como Globo e Record vêm enfrentando já não é novidade e é cada vez mais pautada por acusações. Nem mesmo a religiosidade dos protestantes escapou ilesa do enfrentamento entre as empresas de comunicação.
Na teoria, esperasse que o telespectador venha a tirar proveito dessa "guerra fria" oferecida entre empresas concorrentes, recebendo programação de qualidade e não enfrentamentos e acusações que utilizam os principais telejornais da noite como palco de guerras particulares. Afinal, tudo que é demais cansa, se torna massante.

A tv paga, como sempre, é uma alternativa pra quem não tem paciencia de assistir o disse me disse dos Marinhos e do Bispo Macedo. Já outras emissoras abertas estão "comendo pelas beiradas". Vale ressaltar o jornalismo de qualidade e competente que a BAND vêm exercendo com uma equipe de excelentes profissionais, comandada por Fernando Mitre e que tem nomes como Joelmir Beting, Bóris Casoy, Ricardo Boechat, Antonio Teles e outros. O SBT com a competência de Carlos Nascimento, mostra que tem capacidade de comandar um jornalismo com isenção e muita qualidade.
Tudo bem que nem tudo que é mostrado dá pra "engolir" com muita facilidade, até porque muita coisa em termos de conteúdo televisivo precisa ser revisto e melhorado. Mas felizmente a democracia existe para que aja alternativas. O controle remoto existe para viabilizar essa democratização. Apesar da tecnologia digital, que leva aos nossos lares uma imagem excepcional, a televisão brasileira ainda possui as 3 características que julgo serem as principais da extinta TV TUPI: meio improvisada, às vezes desajeitada e em alguns casos muito amadora.
Edir Macedo, Bispo da IURD e
Roberto Irineu Marinho, Presidente da TV Globo Ltda.

9 comentários:

palavras ao vento disse...

depois de tanto tempo hj temos essas nossas tv abertas...que so passam oke elas querem...

Kelly Christi disse...

A baixaria é uma resposta a sociedade e ao que ela queer ver, apeenas.

bjitos

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

Diego Janjão disse...

A TV de hj ta uma merda mesmo!

agora temos que ver briguinhas de criancinhas na TV...

¬¬

JuANiTo disse...

Ainda bem que a internet se ppopularizou!
Tudo que eu quero assisitr eu baixo da internet.
Poucos Programas na eu assisto na TV.
Posso citar dois que não perco nunca.
CQC e A Grande Familia.
E os jornais locais e esportivos é claro p/ me manter informado.
Abraço!

C. disse...

Eu prefiro manter a minha TV desligada

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

love ROCK disse...

Como se diz:

"É briga de cachorro grande." Grandes e poderosos...


Tudo por audiência, prestígio e poder.

abraço, seu blog é bem informativo. Parabéns!

***********************************

http://advocaciadorock.blogspot.com

***********************************

Gustavo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo disse...

A briga entre Tvs é cada vez mais comun, artistas migram de emissora todo o tempo e as emissoras brigam para ver quem vai recepcionar esses artistas!

Leonardo Fernandes Ayres Belens disse...

tv hoje em dia, só se for paga! e qnto + cara melhor #falomermo! kkk.
fala sério, paciênciaq me falta pra me deixar alienar pela tb aberta. ¬¬

Análise dos principais acontecimentos da mídia brasileira e mundial!

Direção/Produção
Leandro Andrade

leandrolfandrade@yahoo.com.br
http://twitter.com/LeandroAndrade2