segunda-feira, 21 de março de 2011

Estréia de "Em um Mundo Melhor" e as relações entre Hollywood e o Islâ

No mês passado, com a realização do Oscar ficou nítido e claro a lacuna existente entre os interesses de Hollywood e o que o resto do mundo parece estar fazendo. Dos cinco indicados para melhor filme em língua estrangeira, apenas "Em um Mundo Melhor", da Dinamarca, tratou de alguma forma as relações entre o Ocidente e o Islã. Em contrapartida, cada um dos nove filmes americanos que foram nomeados para melhor filme e perderam para o britânico "O Discurso do Rei" foram introspectivos, com preocupações puramente domésticas - caracterização que pode ser aplicada a filmes tão diferentes em estilo e substância, tais como "A Rede Social", "Cisne Negro", "The Fighter" e "True Grit".
"Eu não acho que esse tipo de coisa é uma coincidência", disse Susanne Bier, diretora e roteirista de "Em um Mundo Melhor", que vai estrear em 1º de abril em Nova Iorque. Quando perguntaram a Bier sobre a quantidade de filmes estrangeiros abordando aspectos das relações complexas entre os mundos ocidental e islâmico, ela justificou: "Há sempre uma espécie de temas (no discurso social e político), uma corrente que não se trata tão insconscientemente". O personagem principal de "Em um Mundo Melhor", Mikael Persbrandt, é um médico dinamarquês que, a bordo de um ônibus, percorre campos de refugiados entre missões humanitárias em um país parecido com a realidade do Sudão, e uma pequena cidade na Dinamarca rural. Em ambos os reinos, ele é forçado a enfrentar uma questão moral fundamental: Quando a violência é justificada?

As informações são de Larry Rohter, do TheNew York Times.

4 comentários:

100% disse...

O universo é violento com as formas. como se a graça fosse a destruição.

100% disse...

http://paradigmasuniversal.blogspot.com

bia santos disse...

Legal seu blog, parabéns...

Van Pontos da Beleza disse...

Coisa de americano tambem em querer ser potencia mundial em tudo...é muito bom ver filmes estrageiros competindo com EUA e ganhando.
quebra um pouco o tabu deles de querrem ser os melhores em tudo.

Análise dos principais acontecimentos da mídia brasileira e mundial!

Direção/Produção
Leandro Andrade

leandrolfandrade@yahoo.com.br
http://twitter.com/LeandroAndrade2